Cesto cerimonial LUBA, RDC

Mala ou cesto da tribo Luba, República Democrática do Congo.
Em madeira esculpida com tampa. Decorado com figuras antropomórficas. Elementos unidos por corda de ráfia.
Peça pertencente a chefes de tribo e reis nativos.

Dim: 43x29x9 cm.
Pequenas falhas e vestígios de xilófagos tratados.

290,00

1 em stock

Add to wishlist
Categoria:

Mala ou cesto da tribo Luba, República Democrática do Congo.
Em madeira esculpida com tampa.

Decorado com figuras antropomórficas e com os 2 elementos unidos por corda de ráfia.
Peça pertencente a chefes de tribo e reis nativos que mostravam o seu poder através da exibição de objetos de prestígio, durante importantes cerimónias e rituais.

O reino de Kuba floresceu entre os séculos XVII e XIX na região delimitada pelos rios Sankuru, Lulua e Kasai, no sudeste da moderna República Democrática do Congo. Os Kuba são conhecidos pelos seus tecidos bordados de ráfia, chapéus de fibra e missangas, xícaras de vinho de palma esculpida e caixas de cosméticos, mas são mais famosos ainda pelas suas máscaras/capacete monumentais.

As caixas Kuba, chamadas ngedi muntey pelos Kuba, são geralmente usadas para conter tukula em pó, colares, guardar navalhas para cortar ráfia ou objetos rituais. Tukula é um pó vermelho feito de madeira moída. A cor vermelha é essencial para o conceito de beleza dos Kuba e, portanto, era usada para enfeitar o rosto, o cabelo e o peito durante as danças e cerimónias importantes, assim como para ungir corpos para funerais.

Dim: 43x29x9 cm.

Pequenas falhas e vestígios de xilófagos tratados.

Peso 1 kg